FÓRUM DE DISCUSSÃO DOS 3ºs ANOS A,B,C e D

Página 7 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sociedade Técnico-científico-informacional

Mensagem  Julieth Santos Nogueira em Ter Nov 30, 2010 1:37 pm

A Revolução Técnico-científico-informacional ou Terceira Revolução Industrial entrou em vigor na segunda metade do século XX, principalmente a partir da década de 1970, quando houve uma série de descobertas e evoluções no campo tecnológico.

Essa nova etapa de produção está vinculada à inserção de uma enorme quantidade de tecnologia e informação, essa revolução está ligada diretamente à informática, robótica, telecomunicação, química, uso de novos materiais, biotecnologia, engenharia genética entre muitos outros, que recentemente fazem parte de praticamente todos os seguimentos produtivos que marcam essa etapa, assim como outros fatos marcaram as revoluções industriais do passado.

Essa revolução é um dos principais combustíveis para o desenvolvimento do capitalismo moderno e especialmente o processo de globalização que visa uma flexibilidade de informações, além de um acelerado dinamismo no fluxo de capitais e mercadorias, diante dessa afirmativa veja a seguir alguns itens indispensáveis na economia contemporânea.

- Tecnologias ligadas às telecomunicações: antenas via satélite, torres de telefonia móvel, cabos de fibra óptica, redes de computadores, satélites, satélites de tv e rádio e tudo que possibilita a velocidade das informações e automaticamente dos capitais e bens. A partir desses elementos um investidor pode facilmente diagnosticar os riscos que um determinado país pode oferecer, então certamente não será o foco de tal investimento. Nesse mesmo sentido é possível realizar transações econômicas em vários níveis sem mesmo sair do lugar, isso através do teclado ou de um mouse de computador, mesmo que o mesmo esteja a milhares de quilômetros de distância.

- Infra-estrutura em transportes: mesmo com o incremento das telecomunicações, o transporte é de suma importância nessa etapa industrial, atualmente não há tempo a esperar, pois o mercado é extremamente dinâmico e requer velocidade, uma vez que esse está cada vez mais exigente. Desse modo, para cumprir compromissos de entrega de matéria-prima ou mesmo de mercadorias é preciso ter um aparato logístico que garanta os fluxos oriundos das indústrias. Diante disso, o que facilita o dinamismo nesse sentido é a infra-estrutura como aeroportos, portos, rodovias entre outros.

- Produção agropecuária ligada ao desenvolvimento de práticas vinculadas à pecuária e agricultura de precisão que tem sua base na biotecnologia, gerando uma produtividade elevada e baixos custos ao produtor.

- Indústrias com máquinas e equipamentos de última geração que utiliza de uma restrita mão-de-obra, uma vez que o processo produtivo é executado pela robótica, além de todos os setores econômico-financeiros que ingressaram em um profundo processo de modernização em suas funções e procedimentos, a fim de atender as exigências e também competir em um mercado que cada vez é mais forte.

A Terceira Revolução ou Revolução Técnico-científico-informacional tem como base primordial a informação, essa está ligada ao conhecimento de inúmeras ciências que, com o objetivo de atender os interesses econômicos, estão à disposição dos donos dos meios de produção. Um exemplo disso são os microchips que, apesar de terem na composição pouquíssimo material, possui um grande valor agregado, uma vez que para serem concebidos foram necessários anos de estudos e pesquisas, e são justamente as informações inseridas no produto que conduz à essa importante etapa pela qual a sociedade atravessa.

Fonte: http://www.mundoeducacao.com.br/geografia/revolucao-tecnicocientificoinformacional.htm

Julieth Santos Nogueira 3ºB


Última edição por Julieth Santos Nogueira em Ter Nov 30, 2010 1:59 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Julieth Santos Nogueira

Mensagens : 3
Data de inscrição : 30/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Até que ponto os avanços tecnológicos favorecem ou dificultam a nossa vida em sociedade

Mensagem  Julieth Santos Nogueira em Ter Nov 30, 2010 1:44 pm

Os avanços tecnológicos vieram para fazer o bem, como difundir meios de comunicação e expalhar informação, também para evoluir os processos de produção industrial, mas infelizmente também fazem o mal. Com a internet, crimes como pedofilia, roubos de contas de bancos e outros se tornaram mais comuns. Além de a evoluçaõ tecnológica gerar desemprego e tornar o homem cada dia mais sedentário e difundir informações erradas. Esses avanços também roubam a infância de nossas crianças, que não brincam mais na rua e sim ficam na frente de um computador no msn ou bate-papo. Mas a técnologia também agiliza os processos industriais, almentando sua capacidade e diminuindo os riscos de acidentes, além de ferar estudos biológicos, geográficos e históricos, como também cura de doenças novas ou mesmo as antigas que ainda matam muita gente. Como minha vó sempre dizia: "Há males que vem para o bem", o grande problema é saber utilizar, coisa que nós não sabemos fazer com a técnologia que temos na mão

Julieth Santos Nogueira 3ºB
avatar
Julieth Santos Nogueira

Mensagens : 3
Data de inscrição : 30/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Interagindo

Mensagem  Julieth Santos Nogueira em Ter Nov 30, 2010 1:54 pm

Thaís Gomez, concordo que os avanços permitem que a informação nos alcance em um só toque na tela de um celular, e isso nos deixa cada dia mais preguiçosos e também temos o risco de receber a informação incorreta mas também concordo que vai da ética e dos objetivos de quem vai utilizar, e de saber aonde procurar.



Jéssica, sua matéria ta muito legal, realmente a técnologia acelera processos e deixa o produto final mais barato por causa da quantidade produzida. Foi bom você ter lembrado da poluição, esse foi um ponto que vários não lembraram, mesmo porque se nós não cuidarmos no nosso planeta agota, não vai demorar muito pra ele "acabar", e nós temos pouco tempo para reverter esse processo que nos esta levando ao fim! Sad
avatar
Julieth Santos Nogueira

Mensagens : 3
Data de inscrição : 30/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cyberespaço, meio Técnico científico Informal.

Mensagem  Isabela*Gabriela em Ter Nov 30, 2010 4:31 pm

A transição, na década de 1970, do meio técnico para o meio técnico-científico informacional não pode ser vista apenas como desenvolvimento tecnológico. O entendimento das consequências dessa mudança é o que nos permite compreender as atuais relações do homem com o território e a ascensão da produção flexível em substituição ao modo fordista de produção. Essa transição modificou o território, que sofreu um processo de cientificização, tecnicização e informacionalização, conforme explica Milton Santos: "Os espaços assim requalificados atendem sobretudo aos interesses dos atores hegemônicos da economia, da cultura e da política e são incorporados plenamente às novas correntes mundiais. O meio técnico-científico informacional é a cara geográfica da globalização".
O meio técnico-científico informacional é o requisito para a criação das redes técnicas de computadores (concreto), as quais, por meio de seus fluxos, geram o ciberespaço (abstrato). Essa distinção entre concreto e abstrato é apenas um recurso inicial para distinguir fixos de fluxos, pois o ciberespaço é composto, simultaneamente, de elementos concretos e abstratos.
Entendemos o meio técnico-científico informacional como o período em que o homem não utiliza apenas o que a natureza disponibiliza, como no meio natural. Também não é apenas uma mecanização do território, como no meio técnico. Entendemos que as mudanças inferidas no território não são atribuídas apenas a máquinas, por mais modernas que elas sejam. O meio técnico-científico informacional vai além. Assim observou Milton Santos: "Neste período, os objetos técnicos tendem a ser ao mesmo tempo técnicos e informacionais, já que, graças à extrema intencionalidade de sua produção e de sua localização, eles já surgem como informação; e, na verdade, a energia principal de seu funcionamento é também a informação".
temos a formação das redes, que normalmente têm as suas definições divididas em duas matrizes: "a que apenas considera o seu aspecto, a sua realidade material, e uma outra, onde é também levado em conta o dado social". Concordemos que devemos estudar as redes considerando tanto a realidade material da rede (concreto) como o dado social (abstrato). Só assim, conseguiremos refletir o real significado das redes, pois elas apresentam uma infraestrutura, que contém, entre outros equipamentos, cabos submarinos e satélites. Mas a rede também é "[...] social e política, pelas pessoas, mensagens, valores que a frequentam. Sem isso, e a despeito da materialidade com que se impõe aos nossos sentidos, a rede é, na verdade, uma mera abstração".
O ciberespaço é muito mais do que computadores conectados. Ele necessita de que essa rede seja utilizada e gere fluxos. Sem isso, ele não existe. Ele traz em seu bojo muito mais do que a troca de informações por redes de computadores. Em virtude da velocidade com que essas trocas se efetuam, todo um paradigma e uma relação tempo/espaço são modificados. David Harvey, em 1993, já nos alertava sobre essa mudança, chamada por ele de compressão espaço-temporal.
O ciberespaço modifica a sociedade, o trabalho, o lazer e o relacionamento entre as pessoas. Uma reunião de trabalho não necessita de que os presentes estejam em uma mesma sala, pois agora existe a teleconferência. Adolescentes se reúnem para jogar War (jogo da Grow, empresa de brinquedos especializada em jogos de tabuleiro) pela Internet. Provavelmente, eles jogam com pessoas que nem conhecem. Mas como o espaço é afetado e como afeta a sociedade na passagem de uma sociedade industrial para uma sociedade informacional? Question

http://www.educacaopublica.rj.gov.br/biblioteca/geografia/0017.html

Isabela T. nº 12
Gabriela M. nº10


Última edição por Isabela*Gabriela em Ter Nov 30, 2010 6:58 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Isabela*Gabriela

Mensagens : 4
Data de inscrição : 29/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Comentario sobre a foto do Caleb

Mensagem  Feliphe S. Carvalho em Ter Nov 30, 2010 4:52 pm

Larissa: Essa foto sintetiza exatamente o rumo que a sociedade esta tomando, principalmente os jovens que estão cada vez mais dependentes da tecnologia, das modernidades e aí podemos ver que estamos dando mais valor ao material esquecendo as consequências que isso causa.

Rafael: A foto nos faz refletir sobre o caminho que estamos seguindo a respeito, exagerar no uso das tecnologias que estão sendo lançados a todo momento. O fato é que não temos que deixar tudo de lado, é ter limites e usar com cautela pensando nas consequências que virão. Mas o mais importante é curtir o que a tecnologia nos oferece com responsabilidade sem deixar que ela domine a nossa vida.

Larissa C. C. de Jesus Nº18 3ºB
Rafael S. Carvalho Nº27 3ºB

Feliphe S. Carvalho

Mensagens : 4
Data de inscrição : 08/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÓRUM DE DISCUSSÃO DOS 3ºs ANOS A,B,C e D

Mensagem  Amanda de Oliveira em Ter Nov 30, 2010 7:02 pm

O meio técnico-científico-informacional.
O terceiro período começa praticamente após a segunda guerra mundial e, sua afirmação, incluindo os países de terceiro mundo, vai realmente dar-se nos anos 70. É a fase a que R. Richta (1968) chamou de período técnico-científico, e que se distingue dos anteriores, pelo fato da profunda interação da ciência e da técnica, a tal ponto que certos autores preferem falar de tecnociência para realçar a inseparabilidade atual dos dois conceitos e das duas práticas. Essa união entre técnica e ciência vai dar-se sob a égide do mercado. E o mercado, graças exatamente à ciência e à técnica, torna-se um mercado global. A idéia de ciência, a idéia de tecnologia e a idéia de mercado global devem ser encaradas conjuntamente e desse modo podem oferecer uma nova interpretação à questão ecológica, já que as mudanças que ocorrem na natureza também se subordinam a essa lógica. Neste período, os objetos técnicos tendem a ser ao mesmo tempo técnicos e informacionais, já que, graças à extrema intencionalidade de sua produção e de sua localização, eles já surgem como informação; e, na verdade, a energia principal de seu funcionamento é também a informação. Já hoje, quando nos referimos às manifestações geográficas decorrentes dos novos progressos, não é mais de meio técnico que se trata. Estamos diante da produção de algo novo, a que estamos chamando de meio técnico- científico-informacional. Da mesma forma como participam da criação de novos processos vitais e da produção de novas espécies (animais e vegetais), a ciência e a tecnologia, junto com a informação, estão na própria base da produção, da utilização e do funcionamento do espaço e tendem a constituir o seu substrato. Antes, eram apenas as grandes cidades que se
apresentavam como o império da técnica, objeto de modificações, supressões, acréscimos, cada vez mais sofisticados e mais carregados de artifício. Esse mundo artificial inclui, hoje, o mundo rural. Segundo G. Dorfle, este é marcado pela presença de "materiais plásticos, fertilizantes, colorantes, inexistentes na natureza, e a respeito dos quais, de um ponto de vista organolético, táctil, cromático, temos a nítida sensação de que não pertencem ao mundo natural". Num verbete da Encyclopédie Universalia (1981), dedicado aos camponeses franceses, Bernard Kayser mostra como os seus investimentos em bens de produção — terra, edifícios, máquinas, fertilizantes, pesticidas etc. — passaram, recentemente, de 20 para 50 por cento. Cria-se um verdadeiro tecnocosmo, uma situação em que a natureza natural, onde ela ainda existe, tende a recuar, às vezes brutalmente. Segundo Ernest Gellner (1989), "a natureza deixou de ser uma parte significativa do nosso meio ambiente". A idéia de um meio artificial, avançada por A. Labriola em 1896 (em seu estudo intitulado "Del Materalismo Storico") faz-se uma evidência. A técnica, produzindo um espaço cada vez mais denso, no dizer de N. Rotenstreich, tranforma-se no meio de existência de boa parte da humanidade. Podemos então falar de uma cientificização e de uma tecnicização da paisagem. Por outro lado, a informação não apenas está presente nas coisas, nos objetos técnicos, que formam o espaço, como ela é necessária à ação realizada sobre essas coisas. A informação é o vetor fundamental do processo social e os territórios são, desse modo, equipados para facilitar a sua circulação. Pode-se falar, como S. Gertel (1993), de inevitabilidade do "nexo informacional". Os espaços assim requalificados atendem sobretudo aos interesses dos atores hegemônicos da economia, da cultura e da política e são incorporados plenamente às novas correntes mundiais. O meio técnico-científico-informacional é a cara geográfica da globalização. A diferença, ante as formas anteriores do meio geográfico, vem da lógica global que acaba por se impor a todos os territórios e a cada território como um todo. O espaço "no qual o homem sobrevive há mais de cinqüenta mil anos […] tende a funcionar como uma unidade". Pelo fato de ser técnico-científico-informacional, o meio geográfico tende a ser universal. Mesmo onde se manifesta pontualmente, ele assegura o funcionamento dos processos encadeados a que se está chamando de globalização.

Amanda de Oliveira

Mensagens : 1
Data de inscrição : 30/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sociedade técnico científico informacional

Mensagem  Yasmim em Ter Nov 30, 2010 7:10 pm

O meio técnico-científico informacional é o requisito para a criação das redes técnicas de computadores (concreto), as quais, por meio de seus fluxos, geram o ciberespaço (abstrato). Essa distinção entre concreto e abstrato é apenas um recurso inicial para distinguir fixos de fluxos, pois o ciberespaço é composto, simultaneamente, de elementos concretos e abstratos.

Entendemos o meio técnico-científico informacional como o período em que o homem não utiliza apenas o que a natureza disponibiliza, como no meio natural. Também não é apenas uma mecanização do território, como no meio técnico. Entendemos que as mudanças inferidas no território não são atribuídas apenas a máquinas, por mais modernas que elas sejam. O meio técnico-científico informacional vai além. Assim observou Milton Santos: "Neste período, os objetos técnicos tendem a ser ao mesmo tempo técnicos e informacionais, já que, graças à extrema intencionalidade de sua produção e de sua localização, eles já surgem como informação; e, na verdade, a energia principal de seu funcionamento é também a informação".

Neste contexto, temos a formação das redes, que normalmente têm as suas definições divididas em duas matrizes: "a que apenas considera o seu aspecto, a sua realidade material, e uma outra, onde é também levado em conta o dado social".

Concordamos que devemos estudar as redes considerando tanto a realidade material da rede (concreto) como o dado social (abstrato). Só assim, conseguiremos refletir o real significado das redes, pois elas apresentam uma infraestrutura, que contém, entre outros equipamentos, cabos submarinos e satélites. Mas a rede também é "[...] social e política, pelas pessoas, mensagens, valores que a frequentam. Sem isso, e a despeito da materialidade com que se impõe aos nossos sentidos, a rede é, na verdade, uma mera abstração".


Até que ponto os avanços tecnológicos favorecem ou dificultam a nossa vida em sociedade? Reflita sobre os prós e os contras. Exemplifique.

O meio técnico-científico informacional, modificou e continua modificando o espaço e a sociedade. As redes e, consequentemente, o ciberespaço são uns dos grandes expoentes do meio técnico atual. Por isso, não podem ser desprezados ou ignorados em estudos sobre espaço, trabalho ou lazer. Se, como alguns estudiosos acreditam, a Geografia não deve ou não tem recursos teóricos para estudar o ciberespaço - embora não concordemos com isso -, é interessante reler um dos mais importantes geógrafos brasileiros:
Cada vez que as condições gerais de realização da vida sobre a terra se modificam, ou a interpretação de fatos particulares concernentes à existência do homem e das coisas conhece evolução importante, todas as disciplinas científicas ficam obrigadas a realinhar-se para poder exprimir, em termos de presente e não mais de passado, aquela parcela de realidade total que lhes cabe explicar



YASMIM 3°C. n°31.



[img][/img]

Yasmim

Mensagens : 1
Data de inscrição : 30/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

INTERAGINDO : Juliana/Ruth 3ºA

Mensagem  Isabela*Gabriela em Ter Nov 30, 2010 7:13 pm

Gostei bastante desse vídeo que vocês apresentaram, pois mostra mesmo a Realidade do que está acontecendo no mundo com essa Evolução Da Tecnologia,
e a minha pergunta é, onde nós vamos parar com esse crescimento todo? porque ao mesmo tempo os restos de computadores, celulares etc. Sujam e contaminam o mundo, principalmente nos países pobres que é lá que os países ricos despejam sua imunda sujeira !
avatar
Isabela*Gabriela

Mensagens : 4
Data de inscrição : 29/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Iinteragindo com Raquel Do 3°D

Mensagem  v@nessa em Ter Nov 30, 2010 7:32 pm

Concordo Com a resposta de raquel Mais acho que No meio Tecnico-cientifico,
A exprA expressão meio técnico-científico pode, também, ser tomada em outra acepção talvez mais específica, se levarmos em conta que, nos dias atuais, a técnica e a ciência presentearam o homem com a capacidade de acompanhar o movimento da natureza, graças aos progressos da teledeteção e de outras técnicas de apreensão dos fenômenos que ocorrem na superfície da terra. Laughing cheers

Vanessa Santana
N° 36
3°D Noite

v@nessa

Mensagens : 2
Data de inscrição : 30/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Interagindo com Julieth santos nogueira do 3°B

Mensagem  v@nessa em Ter Nov 30, 2010 7:39 pm

Smile Até que ponto os avanços tecnológicos favorecem ou dificultam a nossa vida em sociedade.. Smile

Concordo em partes do que ela postou mais também descordo em alguns pontos de vistas,por exemplo: Arrow
A motivação no âmbito organizacional está relacionada à qualidade de desempenho e esforços de seus colaboradores, constituindo a energia motriz para atingir os resultados desejados.

Com a chegada da globalização e avanço tecnológico, aumento da competitividade entre as empresas, custos de contratação, treinamentos e processo de automação industrial, a exigência do melhor desempenho de seus colaboradores está cada vez maior.

Por esse motivo, as empresas estão sempre buscando alternativas que motivem seus colaboradores, com o intuito de proporcionar um melhor clima organizacional e desempenho de seus profissionais.

Por ser o processo responsável pela intensidade, direção e persistência dos esforços para o alcance de metas, a motivação se tornou fundamental para as organizações. Conhecer meios de manter as equipes motivadas a realizar seu trabalho é buscar qualidade, sucesso e lucratividade.

Devido a estes fatores de intensificação da concorrência e do ritmo acelerado das mudanças no mercado de trabalho, é fundamental para o sucesso de qualquer organização possuir colaboradores estimulados a alcançar metas para que os resultados esperados e planejados sejam superados com disposição e satisfação.

Só depois de se conhecerem as fontes de motivação dos trabalhadores é que se podem esperar ganhos adicionais, efetuando uma gestão eficaz, pois o sucesso de qualquer organização envolve, sem dúvida, o nível de motivação de seus colaboradores.

Vanessa santana
N° 36
3°D Noite

v@nessa

Mensagens : 2
Data de inscrição : 30/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÓRUM DE DISCUSSÃO DOS 3ºs ANOS A,B,C e D

Mensagem  Augusto Gabriel em Ter Nov 30, 2010 8:04 pm

Como toda nova tecnologia tem suas coisas boas e seus avanços ruins, como seus avanços bons como o msn ou orkut que como do todo meio de comunicação nós falamos com a nossa familia ou nossos amigos. Também como uso de meio de trabalho como envio de curriculos ou convocação de empregados,etc. Mas também seus usos para o mau como os maus hacker's ou pedofilos que abusam das pessoas no mau uso da internet, as vezes as pessoas sem saber caem em golpes na internet.

Augusto Gabriel dos Anjos Phelippe n°5 3°B

Augusto Gabriel

Mensagens : 2
Data de inscrição : 29/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÓRUM DE DISCUSSÃO DOS 3ºs ANOS A,B,C e D

Mensagem  Augusto Gabriel em Ter Nov 30, 2010 8:10 pm

Técnico-Científico-Informacional
A análise e a síntese, assim como as operações de dissolução e de coagulação, solve et coagula, devem se acompanhar, como já indicava o pensamento alquímico. Seguindo estes passos, identificamos os ingredientes do meio técnico-científico-informacional, e nos propomos agora a reuni-los de novo, coagulando-os segundo uma perspectiva diferente, mais afim com a crescente emergência de diferentes tipos de Sistemas de Informação, como o SIG.

É interessante, neste sentido, acompanhar o pensamento de Pierre Lévy (1995), quando propõe uma espécie de ciclo de evolução do que chama “saber coletivo”; algo que definitivamente ocupa e reorganiza o espaço e o tempo da humanidade, ao longo de sua constituição. Ao mesmo tempo que sua visão se cerca de um certo utopismo, bastante comum entre os entusiastas da Era da Informação, Lévy deixa, no entanto, em alguns momentos, transparecer as anomias que se revelam neste processo, e, por conseguinte, os riscos associados a cada bifurcação desta trajetória.

Augusto Gabriel N°5 3°B

Augusto Gabriel

Mensagens : 2
Data de inscrição : 29/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÓRUM DE DISCUSSÃO DOS 3ºs ANOS A,B,C e D

Mensagem  Antonio Vinícius em Ter Nov 30, 2010 9:08 pm

Vanessa, não entendi seu ponto de vista, tudo bem que as empresas procurão sempre o melhor para seus funcionários e tudo mas isso não ameniza muito as consequencias negativas, como o desemprego. Os funcionários são melhor tratados, mas compara o numero de funcionários necessário para uma linha de produção, por exemplo, de cerveja, onde teriam funcionários para colocar as garrafas na esteira, outro para arrumar pra poder encher, outro para colocar o rótulo, e outro para lacrar, hoje isso é feito unica e exclusivamente por máquinas, e não existem nem os operadores, pois é tudo altomático (não vou entrar em teoria porque ninguém iria intender, mais falo porque conheço Very Happy ), então isso não muda muita coisa, enquanto 10 recebem bem, 100 poderiam receber mais ou menos, qual é o melhor?
avatar
Antonio Vinícius

Mensagens : 30
Data de inscrição : 05/08/2010
Idade : 24
Localização : Santos - Ponta da Praia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÓRUM DE DISCUSSÃO DOS 3ºs ANOS A,B,C e D

Mensagem  Antonio Vinícius em Ter Nov 30, 2010 9:19 pm

Augusto, bem lembrado a situação dos empregos, a internet deixa esse processo muito mais simples e rápido, e sem o risco de o seu curriculo ser rasgado e ir pro lixo, alem de facilitar a separação das pessoas pelo interesse da empresa, com os formulários que são preenchidos. Isso também ajuda o candidato, pois ele não necessita ir até o lugar do emprego para entregar curriculo e ficar dias entregando, ele entrega vários em 1 hora cheers
avatar
Antonio Vinícius

Mensagens : 30
Data de inscrição : 05/08/2010
Idade : 24
Localização : Santos - Ponta da Praia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tecnologia rima com ecologia?

Mensagem  Isabela*Gabriela em Ter Nov 30, 2010 10:01 pm

http://img413.imageshack.us/img413/8734/71110.jpg
Há denúncias de que eletrônicos velhos são despachados de países ricos para pobres
Revolução digital e aquecimento global: o ‘Link’ investiga a relação entre essas duas tendências da nossa era.
Neste início de século 21, um dos assuntos estão na boca de todo mundo: a revolução tecnológica, que muda radicalmente a economia, o trabalho, a cultura, nossos hábitos e a maneira como nos comunicamos.
O avanço tecnológico ultraveloz contribui para o aquecimento da Terra ou pode ajudar a tornar a atividade humana mais sustentável? O que aconteceria se todo mundo – somos 6,7 bilhões – tivesse computador, celular, etc.?Segundo pesquisa da consultoria Gartner, a cadeia de produção, consumo e descarte de PCs e celulares é responsável por 2% do total das emissões de gás carbônico. Parece pouco, mas só os oito países mais poluidores do mundo emitem mais de 2% do total de CO2 lançado na atmosfera por ano.O impacto ambiental começa na produção, que usa quantidades enormes de água e matérias-primas, passa pelo consumo de energia e desemboca no lixo tecnológico. O descarte inapropriado contamina o solo e os lençóis freáticos com metais tóxicos, como chumbo.

Leia mais em : http://ferreiraalmeidasena.blogspot.com/
avatar
Isabela*Gabriela

Mensagens : 4
Data de inscrição : 29/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÓRUM DE DISCUSSÃO DOS 3ºs ANOS A,B,C e D

Mensagem  renannunes em Ter Nov 30, 2010 10:42 pm

1- Até que ponto os avanços tecnológicos favorecem ou dificultam nossa vida em sociedade? Pós e contras

Creio eu que favorecem para uma vida melhor em auto conhecimento pelos avanços ficamos mais ricos em saber o que esta acontecendo no mundo La fora nos acrescentam mais sabedoria em espaço muito rápido que a tempos atrás demoraria anos para aprendermos este é o prós o contra ao meu ver nos tornamos prisioneiros dessa tecnologia que mais tempo nos dedicamos a ela do que no convívio social com isso nos afastamos do ser humano e assim acabamos deixando de lado um fator muito importante que é a amizade o afeto as coisas simples da vida que no fundo precisamos para poder sermos um ser completo e tornando assim filhos tecnológicos resumindo robos frios calculistas egoístas pensando somente na nossa sobrevivência e esquecendo principalmente do amor ao próximo da caridade da compaixão.


Renan Nunes 3º A nº 29
Pedro Pessoa 3º A nº 25
Mayara Paladini 3º A nº 23

renannunes

Mensagens : 3
Data de inscrição : 16/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

2017!!!

Mensagem  Thiago Ludvichak e Elias em Sex Fev 24, 2017 4:44 pm

VINDO DO FUTURO PARA FALAR QUE A TECNOLOGIA E O MUNDO VIRTUAL SÓ AUMENTARAM!!!
avatar
Thiago Ludvichak e Elias

Mensagens : 11
Data de inscrição : 11/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÓRUM DE DISCUSSÃO DOS 3ºs ANOS A,B,C e D

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 7 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum