FÓRUM DE DISCUSSÃO DOS 3ºs ANOS A,B,C e D

Página 4 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

interação com a Juliana e Ariela

Mensagem  Juliana/Ruth em Sex Nov 12, 2010 9:01 pm

Com a mesma frase que a juliana e riela citaram
"Necessitam de vidas artificiais para sustentar a artificialidade de sua existência..."
me chamou muita atenção!

É muitos internautas fogem bastante da vida real e acabam numa vida falsa que não é a dele,esse tipo de consequência não se restringe ao uso de foto de pessoas famosas. Muitos internautas pegam fotos de meninas bonitas na internet e criam fakes (falso)através dos quais emitam respostas que podem gerar consequências semelhantes. Como as informações utilizadas na conta fake não são do internauta responsável por sua manutenção, ao utilizá-las ele se esquiva da punição que poderia ser submetido ao defender/apregoar determinadas idéias ou emitir certos comportamentos, podendo assim aprontar o que quiser.


Ruth Barbosa nº 30 3ºA

flower
avatar
Juliana/Ruth

Mensagens : 9
Data de inscrição : 08/11/2010
Localização : Santos/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

" Sociedade técnico-científico-informacional"

Mensagem  Mari Ventura em Sex Nov 12, 2010 10:05 pm

 Uma das realidades mais extraordinárias do mundo atual é a velocidade com que são transmitidas informações entre diferentes lugares, quer estejam próximos quer distantes, fazendo deles lugares mundiais. A comunicação e a circulação de informações - dados, idéias ou decisões - ocorrem instantaneamente, no chamado tempo zero. Isso sem falar que essas informações podem chegar, ao mesmo tempo, em vários lugares. Velocidade, instantaneidade e simultaneidade são características do que chamamos de meio técnico-científico informacional.
 A Em 1982, o geógrafo Milton Santos, em seu trabalho intitulado Pensando o Espaço do Homem, já alertava para o fato de que, das múltiplas denominações aplicadas ao nosso tempo, nenhuma é mais expressiva que a de período tecnológico. Dizia ele que a técnica é um intermediário entre a natureza e o homem desde os tempos mais remotos e inocentes da História. Mas, ao converter-se num objeto de elaboração científica sofisticada, acabou por subverter as relações do homem com o meio, as relações entre as classes sociais e até mesmo as relações entre as nações.
 Para Milton Santos, a ciência, a tecnologia e a informação, hoje, são a base técnica da vida social, ou, em outras palavras, o meio técnico-científico informacional é um meio geográfico no qual o território inclui obrigatoriamente ciência, tecnologia e informação.

Fonte: http://mundogeografico.sites.uol.com.br/geral08.htm

"Até que ponto os avanços tecnológicos favorecem ou dificultam a nossa vida em sociedade?"



 O mundo está cada vez mais dependente da tecnologia, hoje ninguém mais sai sem um celular ou não saiba mexer em um computador mesmo que não tenha um em casa, os avanços da tecnologia tem ocupado cada vez mais um lugar importante na vida das pessoas , e está avançando cada vez mais, “a ponto de até se tornar até partes do corpo, por exemplo, mãos e pernas mecanizadas e até mesmo corações artificiais existem para benefícios bons”, a tecnologia trouxe muitas coisas boas para as pessoas, desde os avanços da medicina para os eletros domésticos que ajudam mulheres e homens em casa. Já lado ‘ruim” por exemplo e a internet que de alguma maneira afastas as pessoas das outras, e ate mesmo vicia, as pessoas acabam se afastas dos jornais, revistas e ate mesmo livros, e deixam de estudar para ficar 6 horas ou ate mais conectados, a tecnologia estraga o homem de maneiras diferente, por exemplo, faz com que fabriquem armar de ultima geração para levar e começarem guerras ...
Algumas pessoas acabam perdendo seus lazeres, para viver pela tecnologia."


Mariana Vieira Ventura
Serie: 3ºA    Nº 21

avatar
Mari Ventura

Mensagens : 3
Data de inscrição : 29/08/2010
Idade : 25
Localização : Santos

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

5 Avanços Tecnológicos que Atrasaram Sua Vida

Mensagem  Isadora Fraga em Sex Nov 12, 2010 10:24 pm

Eu não tenho problema algum com o avanço da tecnologia, sou um dos únicos sobreviventes de minha geração que sabe programar um vídeo cassete.

Quando compro um novo produto, não faço nada antes de ler o manual, por maior que seja. Ler o manual é parte da satisfação de comprar uma nova bugiganga, entendeu?

Minha situação é tão grave que se a Internet desaparecesse amanhã eu teria que procurar um emprego. Já pensou nisso? Eu vivo da Internet, bater cartão diariamente não está na minha lista de prioridades para os próximos 600 anos ou até eu morrer, o que vier primeiro.

Mas, de vez em quando, me pego pensando como a vida seria mais fácil em certas situações, se não houvesse tanta tecnologia disponível.



1. Telefones
Houve um tempo em que uma linha telefônica custava uma fortuna e você precisava esperar anos para conseguir uma.

Encontrar um telefone público funcionando era tarefa de gincana e dificilmente você teria para quem ligar, até mesmo empresas funcionavam sem uma linha por meses.

Não estou falando em um planeta distante, tudo isso era realidade há pouco mais de 10 anos, ou 15 séculos em tempo de Internet.

Hoje em Dia…
- Onde você estava ontem à noite?

- Ué, em casa dormindo, onde mais?

- Por que o celular estava desligado desde 8 da noite?

- Acabou a bateria e eu não vi.

- E por que nenhuma das três linhas da tua casa nem o celular de ninguém atendia? Eu tentei todos os 8 números e nada.

- …



2. Videoclipes
Domingo à noite e você sentava em frente a TV, esperando para ver o novo clipe do Michael Jackson, com seus estonteantes efeitos especiais. Hoje você reproduz esses efeitos clicando em três botões de um software gratuito, mas na época era fodástico.

Segunda-feira você comentava com os colegas na escola e depois ficava garimpando programas que exibissem o tal clipe para poder ver de novo.

Até que veio a MTV. Agora sim, você poderia ver seus clipes favoritos quantas vezes quisesse.

No começo até que era legal, mas aos poucos a música foi dando lugar a programas chatos apresentados por retardados. Depois os retardados tomaram o poder e a música desapareceu.

Hoje em Dia…
Você não tem mais clipes favoritos, já que os canais que ainda os exibem dividem o tempo entre RAP, Restart, Miley Cyrus e coisas piores, se é que há algo pior.

Você fica garimpando algo para assistir no Youtube, onde 9 em cada 10 vídeos são removidos a pedido da gravadora e o restante é um powerpoint mal-feito com paisagens (des)animadas enquanto a música toca.

3. Relacionamentos
Você dava um pé na bunda e ficava livre. Seu telefone não tocaria toda hora (ver item 1) e sua vida seguiria tranquila.

Hoje em Dia…
Seus 18 perfis de 14 redes sociais diferentes são bombardeados dia e noite com xingamentos, revelações comprometedoras e links para vídeos suspeitos.

E não adianta nem tentar uma ordem judicial, já que ela não precisa se aproximar para fazer nada disso.

4. Vida Social
Você saia no final-de-semana e com sorte acordava com uma garota que parecia bem mais bonita com 8 cervejas a mais na corrente sanguínea. Na segunda contava para os colegas sobre a loira incrível que conheceu.

Hoje em Dia…
Você passa o sábado à noite em frente ao computador e, com sorte, faz sexo virtual com uma gostosa de 19 anos que na verdade se chama Norberto, tem 60 anos e pesa 120 kg.


Estou nuazinha, e você?

5. Atendimento ao Consumidor
Se você tinha um problema para resolver com um prestador de serviços, normalmente teria que ligar ou, mais provável, ir pessoalmente até o escritório, perdendo tempo mas geralmente resolvendo o que fosse.

Hoje em Dia…
Centrais telefônicas programadas no inferno fazem você clicar para escolher opções de um menu. Esse menu é projetado para enlouquecê-lo.

É necessário clicar através de um labirinto de números, que geralmente terminam em uma gravação dando acesso ao que você não quer.

Quando você finalmente consegue falar com um ser humano, ele nunca, eu disse nunca, será capaz de resolver seu problema, enviando você novamente ao menu com instruções para clicar sequencialmente em 3, 8, 9, 1, 4, 7, 5…


http://www.ofimdavarzea.com/5-avancos-tecnologicos-que-atrasaram-sua-vida/


Mais uma matéria para complementar o assunto desse fórum e a opinião de algumas pessoas que eu concordo. Sobre usuários que usam de maneira errada as tecnologias e os benefícios que nos proporcionam. Há algum tempo atrás as crianças não usavam nem celular, agora estragam suas vidas se mostrando por meio de câmeras para o mundo inteiro, ainda não possuem responsabilidade para o uso dos novos aparelhos. Muitas pessoas não possuem mais relacionamentos verdadeiros, histórias de como se conheceram ou momentos felizes e tristes que passaram juntos, porque passam o dia inteiro se comunicando, distantes uns dos outros. Se conhecem pela internet, sem a certeza de que a pessoa do outro lado é quem realmente pensa...
avatar
Isadora Fraga

Mensagens : 6
Data de inscrição : 02/09/2010
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

"sociedade técnico-científico-informacional".

Mensagem  wander lubatchewsky em Sex Nov 12, 2010 10:49 pm

O meio técnico-científico informacional, como vimos, modificou e continua modificando o espaço e a sociedade. As redes e, consequentemente, o ciberespaço são uns dos grandes expoentes do meio técnico atual. Por isso, não podem ser desprezados ou ignorados em estudos sobre espaço, trabalho ou lazer. Se, como alguns estudiosos acreditam, a Geografia não deve ou não tem recursos teóricos para estudar o ciberespaço - embora não concordemos com isso -, é interessante reler um dos mais importantes geógrafos brasileiros:

Cada vez que as condições gerais de realização da vida sobre a terra se modificam, ou a interpretação de fatos particulares concernentes à existência do homem e das coisas conhece evolução importante, todas as disciplinas científicas ficam obrigadas a realinhar-se para poder exprimir, em termos de presente e não mais de passado, aquela parcela de realidade total que lhes cabe explicar.



A extraordinária importância do texto encontra-se, em primeiro lugar, nas reinterpretações que ele sugere da questão ecológica, dos conteúdos da paisagem urbana e rural, do papel desempenhado pela informação na qualificação do espaço. Transitando por esse caminho, o autor conduz a uma reavaliação do equilíbrio entre os fluxos (materiais e simbólicos) e as estruturas fixas implantadas no espaço.

Mas a importância do texto encontra-se também no seu posicionamento conceitual diante de temas que são objeto de acirrada polêmica. Milton Santos caracteriza os territórios nacionais como "espaço nacional da economia internacional" e, por essa via, recusa as conclusões fáceis, tão em moda, dos arautos do fim do Estado (e do território).

A mesma linha de raciocínio, que sabe escapar às armadilhas da dicotomia, o conduz a reafirmar a centralidade do processo de "individualização e regionalização". Aqui, estamos muito longe das proclamações de um espaço homogêneo e indiferenciado ou, o que dá no mesmo, da virtual supressão do espaço pelo tempo acelerado dos fluxos globais. Estamos no terreno fértil da investigação geográfica, pois "o tempo acelerado, acentuando a diferenciação dos eventos, aumenta a diferenciação dos lugares".
O meio natural

Quando tudo era meio natural, o homem escolhia da natureza aquelas suas partes ou aspectos considerados fundamentais ao exercício da vida, valorizando, diferentemente, segundo os lugares e as culturas, essas condições naturais que constituíam a base material da existência do grupo.

Esse meio natural generalizado era utilizado pelo homem sem grandes transformações. As técnicas e o trabalho se casavam com as dádivas da natureza, com a qual se relacionavam sem outra mediação.

O que alguns consideram como período pré-técnico exclui uma definição restritiva. As transformações impostas às coisas naturais já eram técnicas, entre as quais a domesticação de plantas e animais aparece como um momento marcante: o homem mudando a Natureza, impondo-lhe leis. A isso também se chama técnica.1

Nesse período, os sistemas técnicos não tinham existência autônoma. Sua simbiose com a natureza resultante era total (G. Berger, 1964, p. 231; P. George, 1974, pp. 24 e 26) e podemos dizer, talvez, que o possibilismo da criação mergulhava no determinismo do funcionamento.2 As motivações de uso eram, sobretudo, locais, ainda que o papel do intercâmbio nas determinações sociais pudesse ser crescente. Assim, a sociedade local era, ao mesmo tempo, criadora das técnicas utilizadas, comandante dos tempos sociais e dos limites de sua utilização.

A harmonia socioespacial assim estabelecida era, desse modo, respeitosa da natureza herdada, no processo de criação de uma nova natureza. Produzindo-a, a sociedade territorial produzia, também, uma série de comportamentos, cuja razão é a preservação e a continuidade do meio de vida. Exemplo disso são, entre outros, o pousio, a rotação de terras, a agricultura itinerante, que constituem, ao mesmo tempo, regras sociais e regras territoriais, tendentes a conciliar o uso e a "conservação" da natureza: para que ela possa ser, outra vez, utilizada.

REFERÊNCIAS:

http://www.moderna.com.br/moderna/didaticos/em/geografia/projensinogeo/rumos/0003

http://www.educacaopublica.rj.gov.br/biblioteca/geografia/0017.ht


WANDER N 35 3 A[img][/img]

wander lubatchewsky

Mensagens : 1
Data de inscrição : 12/11/2010
Idade : 26
Localização : JAPÃO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Interação

Mensagem  Maria Fernanda em Sab Nov 13, 2010 9:51 am

Rebatendo o que a Isadora disse:
''Acham mesmo que devemos deixar de lado os aspectos negativos? Há muitos problemas que estão acontecendo e poderão acontecer muitos outros no futuro, que vai prejudicar não só a humanidade, mas como todo o planeta, por causa da poluição, desemprego, doenças, destruições de habitats, assim como foi citado em algumas postagens. E não só se preocupar ou aproveitar o que a tecnologia tem a nos oferecer. Não podemos pensar individualmente, há outros elementos que dependem de nós também..''

Na verdade obrigada por ter colocado sua opinião sobre nosso ponto de vista.Queremos pedir desculpas pois nos preciptamos e invertemos os argumentos.Com certeza devemos nos preocupar muito mais com os aspectos negativos do que com os positivos, afinal com todo esse avanço tecnológico,daqui uns anos não teremos mais nada.

Maria Fernanda nº 22 / Nina Diniz nº 26 3ºB
avatar
Maria Fernanda

Mensagens : 6
Data de inscrição : 13/08/2010
Idade : 24
Localização : Santos

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

O mundo do futuro - perigos

Mensagem  Isadora Fraga em Sab Nov 13, 2010 1:48 pm




Eu assisti esse vídeo e a continuação dele no youtube..ve o que vocês acham.
Os humanos estão ultrapssando completamente o limite, imaginem no futuro o planeta ser controlado por robôs e foram criados por nós mesmos. Eu não entendi aonde a humanidade quer chegar, pode até ser legal , porque seria uma novidade interagir com um robô, eles fazerem nossas tarefas, mas virar um robô e um dia ser controlados por eles, sermos substituídos? Será que é um bom caminho?
Shocked
avatar
Isadora Fraga

Mensagens : 6
Data de inscrição : 02/09/2010
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sociedade Técnico-Científico -Informacional

Mensagem  Cinta Rodrigues N°5 3°D em Sab Nov 13, 2010 4:26 pm

O meio Técnico-científico-informacional é a nova feição do espaço e do tempo. Ciência, tecnologia e informação são a base técnica da sociedade atual e a substância do meio geográfico.

Neste período, os objetos técnicos tendem a ser ao mesmo tempo técnicos e informacionais, já que, graças à extrema intencionalidade de sua produção e de sua localização, eles já surgem como informação; e, na verdade, a energia principal de seu funcionamento é também a informação. Já hoje, quando nos referimos às manifestações geográficas decorrentes dos novos progressos, não é mais de meio técnico que se trata. Estamos diante da produção de algo novo, a que estamos chamando de meio técnico-científico-informacional.

Entendemos o meio técnico-científico informacional como o período em que o homem não utiliza apenas o que a natureza disponibiliza, como no meio natural. Também não é apenas uma mecanização do território, como no meio técnico. Entendemos que as mudanças inferidas no território não são atribuídas apenas a máquinas, por mais modernas que elas sejam. O meio técnico-científico informacional vai além. Assim observou Milton Santos: "Neste período, os objetos técnicos tendem a ser ao mesmo tempo técnicos e informacionais, já que, graças à extrema intencionalidade de sua produção e de sua localização, eles já surgem como informação; e, na verdade, a energia principal de seu funcionamento é também a informação".

Fontes:
http://www.educacaopublica.rj.gov.br/biblioteca/geografia/0017.html
http://www.moderna.com.br/moderna/didaticos/em/geografia/projensinogeo/rumos/0003

Cinta Rodrigues N°5 3°D

Mensagens : 5
Data de inscrição : 13/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Avanços tecnológicos favorecem ou dificultam a nossa vida em sociedade? Prós e contras

Mensagem  Cinta Rodrigues N°5 3°D em Sab Nov 13, 2010 5:43 pm

"Hoje atravessamos um momento em que os profissionais de todas as áreas têm que se manterem em constante aperfeiçoamento se quiser permacecer no mercado de trabalho, pois os avanços tecnológicos são tantos que se ele parar vai acabar desatualizado em poucos meses. Enquanto isso os jovens que nasceram na frente de um computador estão naturalmente familiarizados com tudo e acompanham com facilidade as novidades como é o caso da tecnologia 3G que é usada pela terceira geração de celular, que teve a analógica, que foi a época dos famosos tijolos como eram chamados os telefones, depois veio a digital, com máquinas fotográficas que possibilitam além da fácil comunicação, tirar fotos onde quer que ande."

*A maioria das coisas a qual acontecem em nossas vidas tem um lado bom e um ruim! O lado bom da tecnologia é que ela facilita as nossas vidas. Ex: Alguns anos atrás, para fazer um trabalho de escola nós teríamos que procurar no livro sobre o tema a qual seria debatido. Hoje em dia temos o acesso a internet, que nos ajuda na hora da pesquisa, podemos apresentar os trabalhos em slides e até mesmo podemos achar assuntos refentes ao tema, que não acharíamos em um livro. A comunicação é outro exemplo de como a tecnologia melhorou, pois agora podemos falar com nossos parentes e amigos que estão do "outro lado do mundo" através do celular, orkut, MSN, entre outros.

* O lado ruim, é que acabamos ficando sedentários devido a essa "ajuda" da tecnologia. Ex: anos atrás, a maioria das crianças brincavam mais, elas corriam, pulavam, brincavam de esconde-esconde entre outras. ('Basketball')Hoje em dia elas ficam "grudadas no computador" ou ficam jogando com os brinquedos eletrônicos.
Hoje em dia, Não fazemos tanto esforço físico ou mental como antigamente!




Cinta Rodrigues N°5 3°D

Mensagens : 5
Data de inscrição : 13/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Interação com Mari Ventura

Mensagem  Cinta Rodrigues N°5 3°D em Sab Nov 13, 2010 6:29 pm

 "O mundo está cada vez mais dependente da tecnologia, hoje ninguém mais sai sem um celular ou não saiba mexer em um computador mesmo que não tenha um em casa, os avanços da tecnologia tem ocupado cada vez mais um lugar importante na vida das pessoas , e está avançando cada vez mais, “a ponto de até se tornar até partes do corpo, por exemplo, mãos e pernas mecanizadas e até mesmo corações artificiais existem para benefícios bons”, a tecnologia trouxe muitas coisas boas para as pessoas, desde os avanços da medicina para os eletros domésticos que ajudam mulheres e homens em casa. Já lado ‘ruim” por exemplo e a internet que de alguma maneira afastas as pessoas das outras, e ate mesmo vicia, as pessoas acabam se afastas dos jornais, revistas e ate mesmo livros, e deixam de estudar para ficar 6 horas ou ate mais conectados, a tecnologia estraga o homem de maneiras diferente, por exemplo, faz com que fabriquem armar de ultima geração para levar e começarem guerras ...

Primeiramente, oi Mari, como você está? Very Happy
Eu queria dizer que eu concordo com os pontos no qual você citou, a tecnologia está chegando em um estado bem avançado, no que se trata mais que necessário, como as mãos e pernas mecanizadas de uma pessoa. E assim como ela pode fazer o bem, ela também pode trazer maus resultados,como a troca dos estudos pela internet.

Cinta Rodrigues N°5 3°D

Mensagens : 5
Data de inscrição : 13/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÓRUM DE DISCUSSÃO DOS 3ºs ANOS A,B,C e D

Mensagem  Cinta Rodrigues N°5 3°D em Sab Nov 13, 2010 6:40 pm

Assistam esse vídeo que mostram fotos e apresentam explicações desde o começo da tecnologia, até hoje em dia.

Wink

Cinta Rodrigues N°5 3°D

Mensagens : 5
Data de inscrição : 13/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

"Sociedade Técnico-Científico-Informacional"

Mensagem  Bruno Secco em Sab Nov 13, 2010 7:26 pm

- Definição )



Uma das realidades mais extraordinárias do mundo atual é a velocidade com que são transmitidas informações entre diferentes lugares, quer estejam próximos quer distantes, fazendo deles lugares mundiais. A comunicação e a circulação de informações- dados, idéias ou decisões- ocorrem instantaneamente, no chamado tempo zero. Isso sem falar que essas informações podem chegar, ao mesmo tempo, em vários lugares. Velocidade, instantanei- dade e simultaneidade são características do que chamamos de meio técnico- científico informacional.

Em 1982, o geógrafo Milton Santos, em seu trabalho intitulado '' Pensando o Espaço do Homem '', já alertava para o fato de que, das múltiplas denominações aplicadas ao nosso tempo, nenhuma é mais expressiva que a de período tecnológico. Dizia ele que a técnica é um intermediário entre a natureza e o homem desde os tempos mais remotos e inocentes da História. Mas, ao converter-se num objeto de elaboração científica sofisticada, acabou por subverter as relações do homem com o meio, do homem com o homem, as relações entre as classes sociais e até mesmo as relações entre as nações.

Para Milton Santos, a ciência, a tecnologia e a informação, hoje, são a base técnica da vida social, ou, em outras palavras, o meio técnico-científico informacional é um meio geográfico no qual o território inclui obrigatoriamente ciência

Nas últimas décadas, a revolução tecno-científica em curso se deu destacadamente no campo da microeletrônica e das telecomunicações, e ocorreu juntamente com a reestruturação da produção e do trabalho no sistema capitalista, da economia internacional e dos territórios. A alta tecnologia permitiu a crescente internacionalização da economia e a interpenetração das economias nacionais, ou seja, a interpenetração do capital, do trabalho, dos mercados e dos processos de produção baseados na informação. E, com isso, países e nações deixam de ser unidades econômicas de nossa realidade histórica.

A economia capitalista, dominante no mundo, estimula a competição econômica e força as empresas- principalmente as de grande porte- a buscarem a eficácia, gerando com isso uma sucessiva revolução do trabalho, da técnica e dos produtos. Sistemas cada vez mais aperfeiçoados de comunicação e de fluxos de informações, junto com técnicas mais racionais de distribuição, tais como empacotamento, controle de estoques e conteinerização, permitem a aceleração das atividades e da circulação de mercadorias. Bancos eletrônicos e dinheiro “de plástico” são inovações que agilizam os fluxos de dinheiro e permitem a aceleração dos negócios nos mercados financeiros e de serviços, tanto nacionais como internacionais.

A economia de mercado sempre buscou a redução das distâncias porque isso significaria redução do tempo de produção, de circulação e de consumo de mercadorias e, conseqüentemente, redução dos custos, pois, no sistema capi- talista de produção, tempo é dinheiro. Grandes avanços foram feitos nesse sentido, ao longo do século XIX e na primeira metade do século XX. Eram inovações voltadas para a remoção das barreiras espaciais- uma questão “deveras geográfica” na história das sociedades capitalistas.

Foi isso que aconteceu quando surgiram as estradas de ferro, o cabo submarino, o telégrafo sem fio, o automóvel, o telefone, o rádio, o avião a jato e a televisão que, ao formarem redes técnicas de circulação e comunicação, permitiram (cada um a seu tempo e interligando-se aos demais) realizar integrações territoriais, quebrando as barreiras físicas para o transporte e para a circulação de matérias-primas, de bens produzidos, de pessoas, de idéias, de decisões e de capital. Mas nenhuma dessas inovações compri- miu tanto o espaço, acelerando o processo de integração, como as novas tecnologias da informação

Hoje ocorre um aumento significativo na densidade das redes de circulação e de comunicação. E essas redes podem se superpor umas às outras, permitindo simultaneamente a aceleração nos processos de integração produtiva, integração de mercados, integração financeira, integração de informações. Mas, ao mesmo tempo e perversamente, geram um processo de desintegração, pelo qual países e nações são excluídos das vantagens propiciadas pela alta tecnologia da informática, como ocorre, notadamente, com nações africanas.

No entanto, a exclusão não se dá apenas em relação às nações mais pobres. Tal exclusão atinge também milhões de trabalhadores nas economias de tecnologia mais avançada. Em países desenvolvidos, máquinas inteligen- tes estão substituindo trabalhadores de escritórios e operários que, a cada dia, engrossam as filas dos desempregados.

Como afirma Milton Santos, a tecnologia é um fator importante, mas ela,
por si só, não explica a História dos homens.

Fonte de Pesquisa: http://www.scribd.com/doc/3132511/Telecurso-2000-Geografia-31



- Até que ponto os avanços tecnológicos favorecem ou dificultam a nossa vida em sociedade? -

Atualmente nossa sociedade é movida a todo vapor rumo aos avanços tecnológicos, a modernidade, à ''vida fácil''. Realmente, a tecnologia e seus avançoes são de EXTREMA importância para nós que de fato, dependemos dela, para diversas atividades. Hoje, graças a tecnologia, possuímos ferramentas das quais somos extremamente dependentes [...] por exemplo o correio eletrônico. De fato, o e-mail é uma das nossas principais armas - lógicamente falando de artefatos dos quais facilitaram nossa vida. Sem o e-mail, tudo seria mais difícil... como nos comunicaríamos de forma rápida e eficiente com outrem? Cartas? Telegramas? Shout Out!! Shocked Regrediríamos demais se dependêssemos desses métodos suplerfluos de comunicação...É por isso que eu sou a favor e defendo com veemência a tecnologia, pois sem ela nossas vidas seriam muito mais difíceis, do que já são. Claaaro... nada é perfeito. Graças a tecnologia, surgiram as pessoas cujas são denominadas 'addicteds', viciados no network, viciados na modernidade, viciados no mundo do software ao invés do mundo real, seres tecnológicos. Em meu ponto de vista, apenas o fato da pessoa viciar em tecnologia que possa ser um ''contra'' a mesma. A tecnologia veio para facilitar nossas vidas, não dificultar as mesmas! Very Happy Tolo é quem acredita que a sociedade está ''cada vez mais'' dependente da tecnologia... já somos dependentes faz tempo! lol!

Nome: Bruno Ricardo Secco Souza - nº 38 - 3º ano D - nightfall group. 13/11/2010 20:22


Última edição por Bruno Secco em Sab Nov 13, 2010 8:22 pm, editado 2 vez(es) (Razão : Palavras escritas erroneamente.)

Bruno Secco

Mensagens : 6
Data de inscrição : 13/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Interação I - Cintia nº 05 3º D

Mensagem  Bruno Secco em Sab Nov 13, 2010 7:55 pm

- Palavras ditas por Cintia )


" O lado ruim, é que acabamos ficando sedentários devido a essa "ajuda" da tecnologia. Ex: anos atrás, a maioria das crianças brincavam mais, elas corriam, pulavam, brincavam de esconde-esconde entre outras. ('Basketball')Hoje em dia elas ficam "grudadas no computador" ou ficam jogando com os brinquedos eletrônicos. Hoje em dia, Não fazemos tanto esforço físico ou mental como antigamente! "




- Interação I -
Por: Bruno Secco - 13/11/2010

Em minha humilde, sincera e modesta opinião, só acaba sendo um sedentário por causa da internet, quem quer. Lembre-se: O ser humano é um animal RACIONAL, ele sabe o que é certo e o errado para si mesmo - excluindo os psicopatas. Uma pessoa sedentária é aquela que não pensa em sua própria saúde e larga tudo por causa da internet. Resumindo: A internet apenas contribui com o sedentarismo, NÃO impulsiona o addicted para esse rumo, quem o impulsiona é ele próprio. Wink


Nome: Bruno Ricardo Secco Souza - nº 38 - 3º ano D - nightfall group. 13/11/2010 - 20:56


Última edição por Bruno Secco em Sab Nov 13, 2010 8:22 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Número errado.)

Bruno Secco

Mensagens : 6
Data de inscrição : 13/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÓRUM DE DISCUSSÃO DOS 3ºs ANOS A,B,C e D

Mensagem  thaysa grego em Sab Nov 13, 2010 8:41 pm

A história da sociedade é marcada pela relação homem e natureza, e a técnica sempre
esteve presente nas transformações da natureza e na capacidade do homem modificar
seu espaço em seu benefício. A partir do término da Segunda Guerra Mundial essa
interação ganhou nova dinâmica, pois o uso da técnica foi largamente difundido,
contribuindo de forma determinante para o processo de globalização.
Com efeito, de tal difusão as relações do homem também foram afetadas. Como
afirma Santos, que a técnica “converteu-se no objeto de uma elaboração científica
sofisticada que acabou por subverter as relações do homem com o meio, do homem
com o homem, do homem com as coisas, bem como as relações das classes sociais
entre si e as relações entre as nações”(1997, p.11).
Tais transformações entre essas diversas relações são relevantes nas
mudanças relacionadas à organização do espaço, sendo assim influindo nas estruturas
social e física da sociedade.
O objetivo é fazer um estudo do presente “em sua dupla dimensão espacial e
temporal” (SANTOS). Sem relegar o passado ao esquecimento, pois é através das
construções do tempo pretérito que se faz o atual. Santos (1997, p.10) trata muito bem
sobre a singularidade da atualidade do espaço.
ela é formada de momentos que foram, estando agora cristalizados com
objetos geográficos atuais; essas formas-objetos, tempo passado, são
igualmente tempo presente enquanto formas que abrigam um essência ,
dado pelo fracionamento da sociedade total. Por isso, o momento
passado está morto como “tempo”, não porem como “espaço”.

Este é um pequeno trecho extraido do site :
http://www.geografia.fflch.usp.br/inferior/laboratorios/agraria/Anais%204%C2%BAENGRUP/trabalhos/vasconcelos_v_n.pdf

Que explica em simples palavras o inicio da uniao natural e técnica

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
“converteu-se no objeto de uma elaboração científica
sofisticada que acabou por subverter as relações do homem com o meio, do homem
com o homem, do homem com as coisas, bem como as relações das classes sociais
entre si e as relações entre as nações”

Esta frese dita por Santos explica que
apos o termino da segunda guerra mundial todos passaram
a ter acesso a tecnologia e houve o
afastamento da sociedade da parte natural (que vem diminuindo
com o passar do tempo) mesmo assim a conexão entre ambos vem
aumentando muito e gerando algumas facilidades mas não podemos negar
que problemas existem também.


Talita Costa nº32
3ºD
Thaysa Grego nº33

thaysa grego

Mensagens : 4
Data de inscrição : 24/08/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Interação com Bruno Secco

Mensagem  Cinta Rodrigues N°5 3°D em Sab Nov 13, 2010 9:06 pm

" O lado ruim, é que acabamos ficando sedentários devido a essa "ajuda" da tecnologia. Ex: anos atrás, a maioria das crianças brincavam mais, elas corriam, pulavam, brincavam de esconde-esconde entre outras. ('Basketball')Hoje em dia elas ficam "grudadas no computador" ou ficam jogando com os brinquedos eletrônicos. Hoje em dia, Não fazemos tanto esforço físico ou mental como antigamente! "

Em minha humilde, sincera e modesta opinião, só acaba sendo um sedentário por causa da internet, quem quer. Lembre-se: O ser humano é um animal RACIONAL, ele sabe o que é certo e o errado para si mesmo - excluindo os psicopatas. Uma pessoa sedentária é aquela que não pensa em sua própria saúde e larga tudo por causa da internet. Resumindo: A internet apenas contribui com o sedentarismo, NÃO impulsiona o addicted para esse rumo, quem o impulsiona é ele próprio

Eu também concordo, só é sedentário quem quer, peço minhas desculpas por não esclarecer minhas respostas, porém a minha ideia nesse exemplo, é querer fazer uma comparação com a maioria das crianças de anos atrás com as de hoje em dia, não só as crianças, mas os jovens e adultos que se deixaram levar com a tecnologia e esqueceram que não existi só isso como lazer. Wink

Cinta Rodrigues N°5 3°D

Mensagens : 5
Data de inscrição : 13/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Interação II - Cintia nº 05 3º D

Mensagem  Bruno Secco em Sab Nov 13, 2010 9:22 pm

- Palavras de Cintia )

Eu também concordo, só é sedentário quem quer, peço minhas desculpas por não esclarecer minhas respostas, porém a minha ideia nesse exemplo, é querer fazer uma comparação com a maioria das crianças de anos atrás com as de hoje em dia, não só as crianças, mas os jovens e adultos que se deixaram levar com a tecnologia e esqueceram que não existi só isso como lazer. Wink

- Interação II -
Por: Bruno Secco - 13/11/2010

Claro Cintia, concordo com o que você diz, até entendo, porém são gerações diferentes, educações diferentes, modos de vida totalmente diferentes de HOJE para 20 anos atrás, semelhanças raramente podem surgir nesse meio tempo. Essa é a grande prova de que ''o tempo não para'', estamos sempre evoluindo. Go ahead! Wink


Nome: Bruno Ricardo Secco Souza - nº 38 - 3º ano D - nightfall group. 13/11/2010 22:22.

Bruno Secco

Mensagens : 6
Data de inscrição : 13/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sociedade técnico-científico-informacional

Mensagem  Thainara Martins Macedo em Sab Nov 13, 2010 11:46 pm

Thainara Martins de Macedo n°31 3°A

Texto: O meio técnico

O período técnico vê a emergência do espaço mecanizado. Os objetos que formam o meio não são, apenas, objetos culturais; eles são culturais e técnicos, ao mesmo tempo.

O meio técnico-científico-informacional

O terceiro período começa praticamente após a segunda guerra mundial e, sua afirmação, incluindo os países de terceiro mundo, vai realmente dar-se nos anos 70. É a fase a que R. Richta (1968) chamou de período técnico-científico, e que se distingue dos anteriores, pelo fato da profunda interação da ciência e da técnica, a tal ponto que certos autores preferem falar de tecnociência para realçar a inseparabilidade atual dos dois conceitos e das duas práticas.
Essa união entre técnica e ciência vai dar-se sob a égide do mercado. E o mercado, graças exatamente à ciência e à técnica, torna-se um mercado global. A idéia de ciência, a idéia de tecnologia e a idéia de mercado global devem ser encaradas conjuntamente e desse modo podem oferecer uma nova interpretação à questão ecológica, já que as mudanças que ocorrem na natureza também se subordinam a essa lógica.
Podemos então falar de uma cientificização e de uma tecnicização da paisagem. Por outro lado, a informação não apenas está presente nas coisas, nos objetos técnicos, que formam o espaço, como ela é necessária à ação realizada sobre essas coisas. A informação é o vetor fundamental do processo social e os territórios são, desse modo, equipados para facilitar a sua circulação. Pode-se falar, como S. Gertel (1993), de inevitabilidade do "nexo informacional".
O meio técnico-científico-informacional é a cara geográfica da globalização.

http://www.moderna.com.br/moderna/didaticos/em/geografia/projensinogeo/rumos/0003
avatar
Thainara Martins Macedo

Mensagens : 7
Data de inscrição : 14/09/2010
Idade : 24
Localização : Santos

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Prós e contras: Cri@mos um monstro!?#

Mensagem  Thainara Martins Macedo em Dom Nov 14, 2010 2:19 am

Thainara Martins de Macedo n°31 3°A

A tecnologia vem avançando, e nos ajudou a derrubar muitas barreiras: A cura de doenças, novos tratamentos, novos recursos tecnologicos que ajudaram seres humanos com algum tipo de deficiência a se adaptarem e a levarem uma vida normal. A internet leva informações em segundos para qualquer lugar do mundo, temos todas as informações de que precisamos em uma única fonte. Pagamos contas, e fazemos compras sem sair de casa, com apenas um clique. Entregamos trabalhos escolares sem sair de casa! Não é o máximo??!
Porém a internet tomou conta das moradias e da vida das pessoas. A medida que a tecnologia avança, as pessoas querem cada vez mais tudo rápido e prático.
Eu, particularmente, gosto muito da tecnologia mas ela vem nos tirando alguns simples prazeres e até mesmo nos deixando mal acostumados. Não estamos sabendo usar a internet de modo sadio,
estamos sendo massacrados pelas informações que a internet nos mostra em apenas uma única página. Lemos tudo, e não absorvemos, lemos por ler, apenas. Estamos viciados em clicar, em passar horas em frente ao computador mesmo não tendo nada para fazer. Ai dá aquela dor no braço, ignoramos, e nos sacrificamos a ficar mais algumas horas. Sem contar na privacidade, que hoje em dia não existe mais. A vida das pessoas está cada vez mais exposta. As pessoas só querem ficar no computador. Por que não ir até a casa de um amigo, convida-lo para tomar um sorvete, jogar uma bola? A internet está criando adultos tímidos que não sabem conversar pessoalmente, apenas pela tela de um computador. A infância não é mais a mesma, as crianças passaram a brincar de jogos virtuais. Elas não conhecem as canções que nós conhecemos e nem as brincadeiras. As avós estão cada vez mais modernas, e não ficam mais fazendo almoço no domingo, e logo depois tricotam ou assistem tv. A avó do século 21 de preferência pedirá o almoço por telefone e logo em seguida sairá correndo para o computador.
Bem vinda! Isso é tecnologia... cri@mos um monstro!?#
avatar
Thainara Martins Macedo

Mensagens : 7
Data de inscrição : 14/09/2010
Idade : 24
Localização : Santos

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Interação>>> Bruno Secco

Mensagem  Thainara Martins Macedo em Dom Nov 14, 2010 2:31 am

Concordo com você Bruno!

Estamos dependentes da tecnologia, mentiroso é quem diz que sabe viver sem ela.
A sociedade sem ela se torna muito complicada. É só faltar luz para termos mais certeza disso!
Somos todos viciados na tecnologia mas não sabemos, essa é a verdade!

Thainara 3°A n° 31
avatar
Thainara Martins Macedo

Mensagens : 7
Data de inscrição : 14/09/2010
Idade : 24
Localização : Santos

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Interagindo com.....Ariela Canazza

Mensagem  Thainara Martins Macedo em Dom Nov 14, 2010 2:40 am

Concordo com você Ari!
Da mesma forma que internet aproxima as pessoas, ela separa. Irônico, não?!
Coisas que antes tinham extrema importâncias estão perdendo seu valor...
como sair com os amigos, bater um papo.
A verdade é que o homem está usando a internet de forma errada.
Se lá fora está sol, porque as pessoas ficam conversando pelo msn?


Thainara Martins de Macedo n°31 3°A
avatar
Thainara Martins Macedo

Mensagens : 7
Data de inscrição : 14/09/2010
Idade : 24
Localização : Santos

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Interagindo com con a thaynara

Mensagem  jessica Gonçalves em Dom Nov 14, 2010 9:22 am

As pessoas ultimamente estão perdendo os seus valores e o que antes era uma coisa legal de se fazer que é fazer "exercicios" virou algo pesado,algo ruim de se fazer.Porque?! Por que a internet é mais legal!.. para que sair se eu posso ficar aqui com o pessoal fazendo o que eu quero e conhecendo pessoas novas?..A nao to cansado ... Aqui eu estou mais seguro porque eu nao corro risco de vida! kk E assim vai .. a internet em partes fez com que muitas pessoas se tornassem sedentárias! por ser algo pratico de se manusear e ser viciante

avatar
jessica Gonçalves

Mensagens : 10
Data de inscrição : 31/08/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Interagindo com com a jessica

Mensagem  michael carvalho em Dom Nov 14, 2010 12:04 pm

Tambem concordo com voçe pelo fato da internet se algo viciante.mas é sempre bom ver o lado positivo dela como por exemplo:
o MSN, SKYPE que é o telefone pela internet, o email e as redes sociais. Que causaram uma verdadeira revolução na comunicação das pessoas. Smile


Michael C. Silva n 23
3 SB Turma da Noite
avatar
michael carvalho

Mensagens : 5
Data de inscrição : 27/10/2010
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sociedade Ténico-Cientíco-Informacional

Mensagem  Ana/Lucas em Dom Nov 14, 2010 7:50 pm

Uma das realidades mais extraordinárias do mundo atual é a velocidade com que são transmitidas informações entre diferentes lugares, quer estejam próximos quer distantes, fazendo deles lugares mundiais. A comunicação e a circulação de informações - dados, idéias ou decisões - ocorrem instantaneamente, no chamado tempo zero. Isso sem falar que essas informações podem chegar, ao mesmo tempo, em vários lugares. Velocidade, instantaneidade e simultaneidade são características do que chamamos de meio técnico-científico informacional.
A Em 1982, o geógrafo Milton Santos, em seu trabalho intitulado Pensando o Espaço do Homem, já alertava para o fato de que, das múltiplas denominações aplicadas ao nosso tempo, nenhuma é mais expressiva que a de período tecnológico. Dizia ele que a técnica é um intermediário entre a natureza e o homem desde os tempos mais remotos e inocentes da História. Mas, ao converter-se num objeto de elaboração científica sofisticada, acabou por subverter as relações do homem com o meio, as relações entre as classes sociais e até mesmo as relações entre as nações.

Para Milton Santos, a ciência, a tecnologia e a informação, hoje, são a base técnica da vida social, ou, em outras palavras, o meio técnico-científico informacional é um meio geográfico no qual o território inclui obrigatoriamente ciência, tecnologia e informação.

Nas últimas décadas, a revolução tecno-científica em curso se deu destacadamente no campo da microeletrônica e das telecomunicações, e ocorreu juntamente com a reestruturação da produção e do trabalho no sistema capitalista, da economia internacional e dos territórios. A alta tecnologia permitiu a crescente internacionalização da economia e a interpenetração das economias nacionais, ou seja, a interpenetração do capital, do trabalho, dos mercados e dos processos de produção baseados na informação. E, com isso, países e nações deixam de ser unidades econômicas de nossa realidade histórica.

A economia capitalista, dominante no mundo, estimula a competição econômica e força as empresas - principalmente as de grande porte - a buscarem a eficácia, gerando com isso uma sucessiva revolução do trabalho, da técnica e dos produtos. Sistemas cada vez mais aperfeiçoados de comunicação e de fluxos de informações, junto com técnicas mais racionais de distribuição, tais como empacotamento, controle de estoques e conteinerização, permitem a aceleração das atividades e da circulação de mercadorias. Bancos eletrônicos e dinheiro "de plástico" são inovações que agilizam os fluxos de dinheiro e permitem a aceleração dos negócios nos mercados financeiros e de serviços, tanto nacionais como internacionais.

Meio técnico-científico-informacional é o meio do nosso tempo atual, baseado na tecnologia, na ciência e na informação em nosso território.
Bibliografia: http://forum.jogos.uol.com.br/duvida-de-geografia-meio-tecnico-cientifico-informacional_t_105942

Conclusão: Com os avanços tecnológicos houve uma melhoria de vida, pois assim a comunicação com lugares distantes, tornou-se instantânea o que não era possível a tempos atrás. Com isso facilitanto a vida de muitos.

Ana Carolina de Paula Oliveira nº 01 3ºD
Lucas Paz da Silva nº 18
avatar
Ana/Lucas

Mensagens : 2
Data de inscrição : 08/11/2010
Idade : 25
Localização : Santos/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÓRUM DE DISCUSSÃO DOS 3ºs ANOS A,B,C e D

Mensagem  thaysa grego em Dom Nov 14, 2010 7:57 pm

Acho que atualmente a tecnologia vem movendo o mundo
e tem como maior influencia a grande quantidade de dinheiro que
roda em torno de toda essa tecnologia e material que vem sendo
disponibilizado para tal necessidade do povo
de acordo com o texto escrito por Ana carolina e Lucas

thaysa grego

Mensagens : 4
Data de inscrição : 24/08/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÓRUM DE DISCUSSÃO DOS 3ºs ANOS A,B,C e D

Mensagem  thaysa grego em Dom Nov 14, 2010 7:59 pm

Acho que atualmente a tecnologia vem movendo o mundo
e tem como maior influencia a grande quantidade de dinheiro que
roda em torno de toda essa tecnologia e material que vem sendo
disponibilizado para tal necessidade do povo
de acordo com o texto escrito por Ana carolina e Lucas


Talita costa nº32
Thaysa Grego º33
3ºD

thaysa grego

Mensagens : 4
Data de inscrição : 24/08/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

imagem enviada por Antonio Vinicius

Mensagem  Ana/Lucas em Dom Nov 14, 2010 8:16 pm



A imagem enviado por Antonio Vinicius, é interessante pois nos mostra a tecnologia também pelo lado ruim, onde crianças deixam de brincar e praticar atividades físicas, para ficarem brincando sentadas em frente um computador conversando com seus amigos com erros de ortografia como na imagem, levando esses erros do mundo virtual para realidade.
avatar
Ana/Lucas

Mensagens : 2
Data de inscrição : 08/11/2010
Idade : 25
Localização : Santos/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÓRUM DE DISCUSSÃO DOS 3ºs ANOS A,B,C e D

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum